Fazendo amor todos os dias: com que frequência o sexo em um casal?

Fazendo amor todos os dias: com que frequência o sexo em um casal?

Sexo não é só diversão. Fazer amor também é bom para a saúde mental e física. Então, você deve tirar proveito desses benefícios e fazer amor diariamente, especialmente quando está em um relacionamento?

Com que frequência você deve fazer amor como casal?

Não existem normas ou regras sobre a frequência com que um casal “deve” fazer sexo. O sexo é um ato íntimo e pessoal, que só deve ser feito quando ambos os parceiros tiverem vontade e o deixarem conhecido. A priori (exceto problemas de saúde relacionados à prática de atividade física), não há contra-indicação para fazer amor todos os dias ou mais. Cabe a você e seu parceiro encontrar o ritmo ideal, de acordo com seus desejos e sua vida de casado. Sexo deve ser sinônimo de prazer: se você sentir vontade de fazer amor todos os dias, faça-o! Além disso, como veremos, essa atividade tem muitas vantagens.

Os benefícios do sexo dentro de um casal

Fazer amor tem várias vantagens dentro de um casal. Primeiro, obviamente, isso traz prazer para os dois parceiros. Veremos que o prazer e o orgasmo têm efeitos positivos na mente, assim como no físico. Mas o sexo também permite que você compartilhe um momento íntimo e privilégios com seu parceiro. O encontro dos corpos, o compartilhamento, o prazer compartilhado são momentos particulares e únicos, e que podem ser preciosos para o bem-estar e o equilíbrio do seu casal. Isso permite que você se encontre e esteja em comunhão com seu parceiro. É também uma oportunidade de trocar seus sentimentos e provar ao outro seu desejo por ele.

Quais são as boas razões para fazer amor?

Fazer amor tem vários benefícios para o corpo e a saúde. O sexo e, em particular, o orgasmo, permitem, por exemplo, reduzir o estresse e a ansiedade, ou mesmo certas dores. Isto é devido à endorfina que é liberada quando se experimenta prazer. Mas isso não é tudo: como qualquer atividade física regular, fazer amor também aumenta seu sistema imunológico e reduz os riscos cardiovasculares. O sexo permite que você mantenha o corpo em forma, se gaste santo e, assim, esteja em boa saúde diariamente. Quando fazemos amor, nosso corpo também libera hormônios, incluindo ocitocinas e estrógenos. Estes últimos contribuem para o bem-estar e o tom da pele. Finalmente, a serotonina secretada durante o orgasmo permite,

Meu parceiro se recusa a fazer amor todos os dias

Às vezes pode acontecer que a sua libido ou a do seu parceiro flutue. Se um de vocês não sente vontade de fazer sexo todos os dias, não há razão para se preocupar. Isso não significa que seu casal esteja ameaçado ou que não haja mais nenhum desejo entre vocês. Para fazer amor, você deve acima de tudo querer e, portanto, estar mentalmente “pronto”: ficar excitado e desejar o outro. Às vezes, fadiga, tédio diário, ansiedade ou uma forte emoção podem perturbar e diminuir momentaneamente sua libido. Nesse caso, fale com o seu parceiro e tente entender os motivos do problema, se houver algum. De qualquer forma, nunca se force a fazer amor se não quiser e nunca force alguém: Mas uma boa forma de apimentar a relação é com o Libid Gel.

O sexo diário aumenta a fertilidade?

Alguns estudos concordam que fazer amor todos os dias seria benéfico para o esperma e, portanto, para a fertilidade. Embora o volume de sêmen seja menor quando você ejacula por vários dias seguidos, a qualidade seria maior. De fato, a ejaculação diária, ou pelo menos muito frequente, melhoraria a qualidade do esperma. Isso pode ser explicado pelo tempo reduzido gasto pelos espermatozoides nos testículos antes de serem expelidos, o que os impediria de estarem em contato demais com moléculas oxidantes, que são prejudiciais a eles. Assim, alguns médicos aconselham fazer amor diariamente durante a semana anterior à ovulação, a fim de aumentar as chances de gravidez.

Leia também:  COMO SE TORNAR ATIVO NO SEXO